27 de mar de 2010

Lição 13 - O Caminho para viver *.* Conteúdo adicional para as aulas de Adolescentes

O Caminho para viver
Texto Bíblico: Provérbios 16.1-9; 19.16

Deus nos deu o livre arbítrio, capacidade de decidir o que queremos ou não para nossas vidas. Mas isso não quer dizer que não precisamos da ajuda do Senhor para saber que caminho escolher. Não devemos tomar nenhuma decisão antes de consultarmos a Deus.

Boa ideia
Professor, a proposta sugerida tem como objetivo levar os alunos a compreenderem que Deus nos deu o livre arbítrio, “liberdade de escolha”, mas que devemos tomar cuidado com essa liberdade. Você vai precisar de dois envelopes brancos e duas folhas tamanho A4. Gravuras de cigarros, bebidas, drogas, prostituição, violência. Uma imagem de aterro sanitário e de um pôr–do-sol.

Procedimento:
1 - Em uma folha desenhe um caminho tortuoso e cole as gravuras entre as linhas. No início da folha deve ser colado a gravura do aterro sanitário.
2 – Na outra folha faça um caminho reto e no meio escreva palavras como: oração, caráter cristão, palavra, Escola Dominical, louvor, adoração, amor e felicidade.
3 – Na frente dos envelopes escreva o seguinte versículo: “Há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte” (Pv.14.12), escrevas palavras como: lutas, recompensa, choro, felicidade, provações, dificuldade e família.

No outro envelope escreva: alegria, prosperidade, riquezas, festas, religiões, paixões, facilidade. Coloque cada folha no respectivo envelope. A do caminho tortuoso dentro do envelope com as inscrições: alegria, festas, paixões, etc. A do caminho reto no envelope com as inscrições: Lutas, felicidade, provações, etc. Divida a classes em dois grupos e solicite aos alunos que escolham o envelope que os agradem. Abra o envelope e mostre as gravuras. Nesse momento converse sobre o livre arbítrio que Deus nos concedeu. A liberdade de escolher que caminho percorrer. Nós devemos tomar cuidado com as escolhas sem a direção do Senhor porque “Há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte” (Pv 14.12). O melhor é estar na vontade absoluta de Deus, fazer a sua vontade e receber a sua orientação.

Um comentário:

  1. Por acaso achei este site, nossa, muito bom, parabéns!!!
    Estou na frente de trabalho na escola dominical com os adolescentes e procuro sempre trazer algo novo, para não deixar as aulas na mesmice, pois os adolescentes são desligados, ora falta atenção, enfim... Nós fomos assim, é uma fase muito difícil, mas eles caminham para serem lapidados pelo poder do Espírito Santo.
    A paz do Senhor!!!
    Bjaum.
    Rose.

    ResponderExcluir